(031) 2531-2200
relacionamento@tgt.life

COVID19

COVID-19, RT-PCR Qualitativo

Setor

INF – INFECTOLOGIA

Material

Secreção de nasofaringe (swab), secreção nasal (swab), aspirado traqueal (ASP), lavado broncoalveolar (BAL) e saliva.

Sinônimos

Teste COVID19; qPCR COVID-19; Detecção qualitativa, (SARS-CoV-2) por PCR; PCR para novo coronavírus; RT-PCR COVID19

Método

Reação em cadeia da polimerase em tempo real (RT-qPCR)

Recipientes de coleta

Tubo contendo meio de transporte viral ou tubo para transporte de amostra

Instruções de coleta

  • Secreção de nasofaringe (swab) e secreção nasal (swab): Deve ser utilizado exclusivamente swab de Rayon de haste plástica. Proceder à coleta em ambas as narinas. Após a coleta, inserir o  swab em tubo contendo solução salina (NaCl 0,9%) (quebrar ou cortar as pontas do swab, se necessário, para fechar o tubo). Os swabs devem ser encaminhados em 2 mL de salina em tubo falcon estéril (ou similar).
  • Aspirado traqueal (ASP) e lavado broncoalveolar (BAL): Coletar no mínimo 2 mL da amostra em tubo coletor apropriado (criotubos ou tubo de coleta sem aditivo).
  • Saliva: coletar volume mínimo de 1 mL e máximo de 5 mL e armazenar em recipiente de coleta sem aditivo, tal qual indicado nas Instruções de Coleta de Saliva.

Instruções de conservação e envio

  • Secreção de nasofaringe (swab) e secreção nasal (swab): A amostra de swab deverá ser conservada e transportada de forma refrigerada (2 a 8 °C) no prazo máximo de 48h após a coleta, quando armazenada em solução salina (NaCl 0,9%) . Após o prazo de 48h da coleta, a amostra deverá ser conservada e transportada ao laboratório de forma congelada (0 a -20 °C), em até 3 dias.
  • Aspirado traqueal (ASP), lavado broncoalveolar (BAL) e saliva: as amostras devem ser conservadas e transportadas ao laboratório de forma refrigerada (2 a 8 °C) em até 24h da coleta e congelada (0 a -20 °C) em um prazo máximo de 72h.

Documentação necessária

  • Todos os exames devem ser cadastrados no MatrixNET (http://exames.tgt.life), indicando no campo apropriado, os dados clínicos do paciente e hipótese diagnóstica.
  • Informar contato do médico solicitante, caso haja necessidade de algum esclarecimento adicional.

Aplicação clínica

Este exame auxilia no diagnóstico laboratorial da Síndrome Gripal ou da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causadas pelo vírus SARS-CoV-2.

Critérios de rejeição de amostra

REC – Volume insuficiente / REC – Tempo de conservação inadequado / REC – Sem identificação / REC – Conservante inadequada / REC – Identificação inadequada

Dias de recebimento de amostras

Segunda / Terça / Quarta / Quinta / Sexta / Sábado / Domingo

Prazo de entrega

48 horas

Máscara de laudo

Consulte sempre a última versão disponível no site.

Última atualização: v4 (20/04/2023)

1/1

(031) 2531-2200
relacionamento@tgt.life

Save as PDF

COVID19U

COVID-19, RT-PCR Qualitativo

Setor

INF – INFECTOLOGIA

Material

Secreção de nasofaringe (swab), secreção nasal (swab), aspirado traqueal (ASP), lavado broncoalveolar (BAL) e saliva.

Sinônimos

Teste COVID19; qPCR COVID-19; Detecção qualitativa, (SARS-CoV-2) por PCR; PCR para novo coronavírus; RT-PCR COVID19

Método

Reação em cadeia da polimerase em tempo real (RT-qPCR)

Recipientes de coleta

Tubo contendo meio de transporte viral ou tubo para transporte de amostra

Instruções de coleta

  • Secreção de nasofaringe (swab) e secreção nasal (swab): Deve ser utilizado exclusivamente swab de Rayon de haste plástica. Proceder à coleta em ambas as narinas. Após a coleta, inserir o  swab em tubo contendo solução salina (NaCl 0,9%) (quebrar ou cortar as pontas do swab, se necessário, para fechar o tubo). Os swabs devem ser encaminhados em 2 mL de salina em tubo falcon estéril (ou similar).
  • Aspirado traqueal (ASP) e lavado broncoalveolar (BAL): Coletar no mínimo 2 mL da amostra em tubo coletor apropriado (criotubos ou tubo de coleta sem aditivo).
  • Saliva: coletar volume mínimo de 1 mL e máximo de 5 mL e armazenar em recipiente de coleta sem aditivo, tal qual indicado nas Instruções de Coleta de Saliva.

Instruções de conservação e envio

  • Secreção de nasofaringe (swab) e secreção nasal (swab): A amostra de swab deverá ser conservada e transportada de forma refrigerada (2 a 8 °C) no prazo máximo de 48h após a coleta, quando armazenada em solução salina (NaCl 0,9%) . Após o prazo de 48h da coleta, a amostra deverá ser conservada e transportada ao laboratório de forma congelada (0 a -20 °C), em até 3 dias.
  • Aspirado traqueal (ASP), lavado broncoalveolar (BAL) e saliva: as amostras devem ser conservadas e transportadas ao laboratório de forma refrigerada (2 a 8 °C) em até 24h da coleta e congelada (0 a -20 °C) em um prazo máximo de 72h.

Documentação necessária

  • Todos os exames devem ser cadastrados no MatrixNET (http://exames.tgt.life), indicando no campo apropriado, os dados clínicos do paciente e hipótese diagnóstica.
  • Informar contato do médico solicitante, caso haja necessidade de algum esclarecimento adicional.

Aplicação clínica

Este exame auxilia no diagnóstico laboratorial da Síndrome Gripal ou da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causadas pelo vírus SARS-CoV-2.

Critérios de rejeição de amostra

REC – Volume insuficiente / REC – Tempo de conservação inadequado / REC – Sem identificação / REC – Conservante inadequada / REC – Identificação inadequada

Dias de recebimento de amostras

Segunda / Terça / Quarta / Quinta / Sexta / Sábado / Domingo

Prazo de entrega

48 horas

Revisão: v2 (31/05/2022)