(031) 2531-2200
relacionamento@tgt.life

MTBDIV

Mycobacterium tuberculosis e Resistência à Rifampicina em materiais diversos, PCR Qualitativo

Setor

INF – INFECTOLOGIA

Material

Sangue periférico, medula óssea, lavado gástrico, líquido ascítico, líquido pericárdico, fragmento de tecido não-fixado e amostras obtidas por punção aspirativa.

Obs: Este exame não é realizado em amostras de fezes.

Sinônimos

BK, pesquisa por PCR; Pesquisa de M. tuberculosis por PCR; Teste rápido molecular para Mycobacterium tuberculosis; PCR p/ M.tuberculosis e resistência à rifampicina; Diagnóstico de tuberculose

Método

PCR em tempo real

Recipientes de coleta

Vide instruções de coleta

Instruções de coleta

Sangue periférico/ medula óssea: 1 a 4 mL em tubo de EDTA. Não será aceito material enviado em seringa com agulha. 

Biópsias/fragmentos de tecidos (não fixados em formol):  fragmento com mínimo de 1x1x1 mm em soro fisiológico estéril.

Líquido ascítico/pericárdico: 1 a 4 mL em tubo de EDTA; alternativamente a amostra pode ser recebida em frasco estéril sem EDTA. Amostras em heparina são inadequadas.

Lavado gástrico: 10 mL de amostra com 100 mg de carbonato de sódio em frasco estéril.

Amostras obtidas por punção aspirativa: Acondicionar o material em frasco estéril. Caso a amostra tenha volume inferior a 0,1 mL, lavar internamente a seringa com 0,5 mL de salina estéril e acondicionar em frasco estéril.

Instruções de conservação e envio

Todas as amostras devem ser acondicionadas e transportadas ao laboratório em até 24h da coleta, desde que refrigeradas (entre 2 e 8 °C) em recipiente isotérmico, higienizável e impermeável, evitando o contato direto dos tubos com o gelo reciclável.

Documentação necessária

  • Todas as amostras devem ser cadastradas no MatrixNET (http://exames.tgt.life), indicando no campo apropriado, os dados clínicos do paciente e justificativa do exame.
  • Informar sobre tratamentos realizados e medicamentos atualmente em uso pelo paciente. Enviar contato do médico solicitante, caso haja necessidade de algum esclarecimento adicional.

Aplicação clínica

O teste é específico para o Complexo M. tuberculosis (MTB), que compreende as espécies M. tuberculosis, M. bovis, M. africanum, M. microti e M. pinnipedii, M. caprae, M. canettii, M. pinnipedii, M. mungi e M. orygis. O teste utiliza um alvo adicional (IS1081) para a detecção das espécies do complexo e permite também a detecção de cepas desprovidas de IS6110. Já a resistência à rifampicina é avaliada pela pesquisa de mutações no gene rpoB relacionadas à manifestação dessa característica.

Critérios de rejeição de amostra

REC – Volume insuficiente / REC – Tempo de conservação inadequado / REC – Tubo ou frasco sem amostra / REC – Identificação inadequada / REC – Material inadequado / REC – Coagulada / REC – Hemolisada

Dias de recebimento de amostras

Segunda / Terça / Quarta / Quinta / Sexta

Prazo de entrega

04 dias úteis

Consulte sempre a última versão disponível no site.

Última atualização: v2 (03/05/2022)

1/1

gdpr-image
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao navegar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Leia mais