Investigação de Meningite em Paciente Imunossuprimido

Rastreio rápido e preciso de ampla gama de patógenos causadores de neuroinfecções: Diagnóstico de Neurocriptococose

Paciente (sexo masculino, 49a), soropositivo para HIV, deu entrada em hospital atendido pela TARGET com dores de cabeça intensas, rigidez de nuca, náusea e febre. Foi imediatamente internado em CTI para monitoramento das condições clínicas e tratamento empírico com antimicrobianos, sendo realizada coleta de líquor por punção lombar para análise laboratorial. Em avaliação visual o líquor colhido apresentou aspecto límpido e incolor, sem indicativos claros de infecção bacteriana em curso. 

 O exame solicitado pelo médico responsável foi o Painel Molecular Ampliado para Meningites e Encefalites Filmarray(LCR1H), que permite a detecção de 14 patógenos distintos com liberação em até 4 horas.

A amostra foi enviada pelo hospital e recebida na TARGET cerca de 30 minutos após a coleta. Foi realizado processamento imediato pelo laboratório, sendo possível a liberação do laudo clínico após 1 hora do recebimento do material. O resultado obtido indicou a presença de Cryptococcus neoformans/gattii na amostra, permitindo o diagnóstico de neurocriptococose. Essa micose oportunista que acomete o sistema nervoso central, acomete principalmente indivíduos imunocomprometidos, sendo uma importante causa de morte em indivíduos com AIDS quando não é rapidamente identificada e tratada.

A conduta médica assertiva, a escolha adequada do exame a ser utilizado, a rapidez no processo de coleta e envio do material ao laboratório e a agilidade e precisão da execução do exame pela TARGET, em conjunto, permitiram o fechamento do diagnóstico do caso em pouquíssimo tempo. O paciente acometido foi, então, tratado de forma específica para neurocriptococose e evoluiu com melhora progressiva, recebendo alta em poucos dias.

gdpr-image
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao navegar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Leia mais